Memorias El Principal 2017

(0) - Avaliar produto
  • Memorias El Principal 2017
  • Memorias El Principal 2017
Memorias El Principal 2017
-24%
SKU: 38921456
de R$ 499,00 por
Cartão R$ 379,02
no cartão em até 6x de R$ 63,17 sem juros
Pix
R$ 360,05
-5%
no PIX
+ Veja mais produtos da marca Viña El Principal
Calculo de frete
Não sei o meu CEP
Gostou? Compartilhe nas redes sociais!
Produto indisponível!Podemos avisar você quando estiver disponível?

Descrição do produto

Memorias El Principal

Conteúdo: 750ml

Tipo: Tinto

Elaboração

Uva: 80% Cabernet Sauvignon, 20% Carménère

Teor Alcoólico: 14%

Amadurecimento: 14 meses em barricas de carvalho francês novas (30%) e (70%) em barricas de 2º uso. Um ano em garrafa antes de sair ao mercado.

Terroir

País: Chile

Região: Maipo

Produtor: Viña El Principal

Notas de degustação

Visual: Púrpura concentrado e luminoso.

Aromas: Bastante elegante no olfato com cassis, tabaco, malte tostado e refrescantes notas mentoladas.

Paladar: Poderosa concentração em boca, rico em taninos finos, belo frescor, interminável final.

Harmonização: Caçarola de javali (com cogumelos, ervas e especiarias) em longa cocção; Costela bovina temperada com flor de sal de guérande, assada na brasa; Tournedos Rossini; Marreco assado com ameixas; Seleção de queijos curados.

Sobre o produtor 

A Viña El Principal foi fundada em 1992 por Jorge Fontaine, proprietário da Hacienda El Principal, e Jean Paul Valette, renomado enólogo francês e ex-proprietário do Château Pavie em Saint-Émilion, posteriormente adquirido em 2005 por Jochen Döhle.

Em 1993 os sócios selecionaram 54 hectares da propriedade para plantar as variedades Cabernet Sauvignon e Carmenère. Atualmente possui cerca de 90 hectares de vinhedos localizados em Pirque, onde são produzidos os vinhos El Principal, Memorias, Calicanto e Kiñe, sendo este último o único vinho branco da variedade Verdejo (originalmente da Espanha) produzido no Chile, seu primeiro ano de colheita. A primeira foi em 2013 experiência desta variedade na América.

Desde sua primeira colheita em 1999, El Principal tem sido consistentemente reconhecido e premiado como um dos melhores vinhos ícone do país.

A vinha leva o nome do Cacique Picunche Adetelmo, senhor das terras da cidade de El Principal, no sopé da Cordilheira dos Andes, onde hoje se encontra este terroir especial, e a quem os espanhóis chamavam de “El Principal”.

Após seis anos de parceria, a família Said Handal chegou a um acordo pleno para adquirir as participações que a empresa de navegação alemã Jochen Döhle detinha na Viña El Principal e na Agrícola Don Jochen.

Convidados por Döhle, que eles conheciam como contribuintes do Fundo de Investimento Magallanes que controlava o Telemercados Europa até 2010, a família Said Handal tornou-se propriedade de Viña El Principal em 2013. Desde essa data, eles participam da gestão do vinhedo, " que lhes permitiu visualizar o potencial de qualidade de seu terroir, a identidade e expressão local de seus vinhos; sua rede de distribuição no Chile e nos principais mercados internacionais; seu posicionamento de marca e a capacidade de crescimento que suas instalações vinícolas e vinhedos permitem, " de acordo com um comunicado da família Said.

Para Gonzalo Said, novo presidente da Viña El Principal, “o foco da família será profissionalizar todas as estruturas da vinícola para aumentar a eficiência produtiva, logística e, principalmente, fortalecer a distribuição e o posicionamento da marca de nossos  vinhos”. onde já estamos presentes. Vamos melhorar o trabalho com os actuais distribuidores e vamos abrir mercados específicos onde os vinhos de terroir com elevada expressão do lugar são apreciados e valorizados”.

Esta nova etapa que começa em Viña El Principal será liderada por Gonzalo Guzmán, que assumiu a direção geral após 14 anos como enólogo e gerente técnico da vinícola.

Produtos Relacionados

Avaliações do produto

Ei, esse produto ainda não foi avaliado!

Conte para todos o que você achou dele.

Cookies
X

Este site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar navegando, você aceita nossa Política de Privacidade.

">