Quinta Do Balão Alvarinho - Vinho Verde - 2020

(0) - Avaliar produto
  • 7831509e25
7831509e25
-16%
SKU: 31358459
de R$ 89,00 por
Boleto
R$ 71,25
-20%
no boleto bancário
Cartão R$ 75,00
no cartão em até 6x de R$ 12,50 sem juros
Está acabando! Restam apenas 4 unidades.
+ Veja mais produtos da marca Quinta do Noval
Calculo de frete
Não sei o meu CEP
Produto indisponível!Podemos avisar você quando estiver disponível?

Descrição do produto

Quinta de Balão Alvarinho    

Conteúdo: 750ml


Tipo: Branco 


Elaboração

Uva: Alvarinho


Teor Alcoólico: 13%


Amadurecimento: Sem estágio em carvalho.


Terroir

País: Portugal


Região: Vinho Verde


Produtor: Quinta de Balão


Notas de degustação

Visual: Límpido e brilhante. Ligeiramente dourado.


Aromas: Frutos tropicais e pêssego.


Paladar: Na boca apresenta um frutado complexo, fresco e persistente. Uma excelente escolha.


Harmonização: Sushi e sashimi, estrogonofe de frango, sardinhas à tanoeiro, empadão de palmito com frango, bruschetta de queijo de cabra com cebola, penne Alfredo.


Localizada a apenas 7 Km de Barcelos, esta charmosa Quinta está repleta de história. As primeiras referências da sua existência remontam ao século XVI, altura em que instituído o Morgadio de Balão, que na época se chamava “Quinta da Capela de Balão”. Claro que nesta época não existiam balões. A única referência histórica à palavra balão refere-se ao nome popular atribuído às balas utilizadas nos canhões da época. Também a capela original desta Quinta, pela sua forma, poderá estar na origem do seu nome. Esta Quinta, por lei, era um morgadio, ou seja, era uma herança do filho homem mais velho. Um dos herdeiros, Caetano de Mendanha, morreu num duelo motivado por disputas amorosas e não deixou herdeiros. Como a Quinta tinha mais de 100 hectares, um exagero para a região dos Vinhos Verdes, foi dividida em várias frações e vendida em hasta pública em 1822. A Quinta atual tem 22 hectares, sendo 12 de florestas e 10 de vinhas. A casa sede da Quinta é muito antiga e bonita, com as suas grossas paredes de granito típicas da arquitetura rural rústica desta região. Foi ampliada no século XIX. A Quinta pertence à família Novais Miranda desde 1974. Logo após a sua aquisição, esta família teve como prioridades o replantio da vinha e a reconstrução da casa e capela, restituindo à Quinta a sua secular casa e dotando-a de condições para a realização de eventos festivos. José Novais Miranda, enólogo e proprietário da Quinta de Balão, também é responsável pelos vinhos da Adega de Barcelos. Os vinhos desta bonita e histórica Quinta apresentam uma ótima qualidade e, muito importante, tem preços muito acessíveis. 

Produtos Relacionados

Avaliações do produto

Ei, esse produto ainda não foi avaliado!

Conte para todos o que você achou dele.

Espaço Doc e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.